quinta-feira, 25 de outubro de 2007

Continuando no Outono





Como podemos verificar é como nossa vida. Já vai faltando juventude, as nossas fisionomias modificaram-se, aqui foram as próprias folhas que se alteraram, anunciando a chegada do Inverno.

2 comentários:

Cris Bolbosa disse...

Pois é João, mas as folhas caem e nascem novas, e assim não sentem saudades de outros tempos.
E o tempo passa tão depressa...
Bjs
Cris

Espaço do João disse...

Olá Cris.
Verdade verdadinha,quantas vezes a nostalgia se apodera de nós? Que podemos fazer? Não vale a pena chorar sobre o leite derramado. O tempo não passa depressa,nós é que passamos pelo tempo sem sentir.Já afirmei várias vezes que a nossa vida são dois dias, um para nascer e outro para morrer. Mesmo assim ainda existe o sono da noite para nada fazermos. Um respeitoso beijo João.