quarta-feira, 27 de fevereiro de 2008

Frésias campestres

Para matar a curiosidade da Cris. Como pode sverificar é muito semelhante às frézias comuns.

6 comentários:

Cris Bolbosa disse...

João, muito agradecida por mostrares a foto. Estava mesmo curiosa sobre essa flor.
Agora já te posso dizer que é uma Sparaxis tricolor. É uma espécie nativa da África do Sul. Essas que viste no laranjal devem ter-se asilvestrado. Agora crescem como silvestres.
É uma planta muito resistente e prolífica. Além de dar muitas sementes, também ganha bolbinhos junto ao talo(rente à terra) e à volta do bolbo mãe.

Eu tenho várias em flor no meu quintal, este ano cresceram muito, estão muito altas e com as flores muito grandes.

É engraçado ver as diferenças entre as várias flores desta espécie. Cada flor tem uma particularidade diferente.

Cuida bem delas

Cris

Cris Bolbosa disse...

Olá João,
Estou a estranhar não teres dito nada sobre a descoberta da misteriosa flor. Foi com tanta alegria que escrevi o comentário!
Ficaste zangado por lhe ter mudado o nome?

Espaço do João disse...

Olá Cris.
Respondi a todos os requisitos que me fizeste.No entanto ainda estou para perceber como fiz para que desaparececem dos meus comentários. Possívelmente respondi a outra pessoa sem me aperceber. Não estou nada zangado , pois é um tanto ou quanto difícil zangar-me com alguém. Quando me zango com alguém tenho por costume dizer cara a cara. Não costumo mandar recados por entreposta pessoa. Continuemos como dantes...Quartel general em Abrantes, como se costuma dizer se alguém nunca nos fêz mal. Uma beijoca do Kota João.

Espaço do João disse...

Olá Cris.
Vai até à postagem Frézias e Cica , lá encontrarás as respostas que me pediste. No entanto se não entenderes volta de novo com as perguntas que entenderes. Bj. João

Sophiamar disse...

Tu gostas muito de frésias! Já somos dois.

Beijinhosssss

Espaço do João disse...

Querida Isabel.
Não sei se já reparaste, não só gosto de frésias mas sim de todas as flores, desde às mais singelas até às mais raras. Há duas coisas no mundo que não prescindo de gostar:- As crianças e as flores. Resumindo; flores são crianças e, crianças são flores. Beijos João.