segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

Frézias e Sica

Estas frésias nasceram de semente. Algum passarinho as deixou cair. Não faz mal, pois dão colorido e companhia à Sica.

9 comentários:

Cris Bolbosa disse...

Sabias que as frésias nascidas de semente dão flor no primeiro ano? Sei disso por experiencia propria, o ano passado semeei algumas e passados pouco meses já estavam em flor.

Cris Bolbosa disse...

João, no post das fresias campestres coloquei uma dúvida que tenho. è que o ano passado apareceram-me umas parecidas. Será que aparecem em estado silvestre?

Espaço do João disse...

Olá Cris.
Sei perfeitamente que as frésias de semente no ano em que se semeia dão flores e, normalmente não degeneram. É mais fácil degenerarem quando se transplanta os bolbos e, através da polinização.Tanto é que até no relvado aparecem frésias sem que as plante.
Em tempo, as frésias campestres aparecem no campo em diversas tonalidades mas o seu formato e sua folhagem é um pouco diferente.As que eu tenho foram colhidas no campo, no entanto ainda não vi as suas sementes. Propagam-se normalmente por bolbos.
As tuas fedorentas estão a desenvolver-se? Tiveste mais sorte que a Anete pois os bolbos como são semelhantes os que levei para ela eram jarros. Também fiquei com alguns. Acontece ao melhor botânico::: Beijos João

Sophiamar disse...

Estou a ver que tenho jardineiro a quem consultar quando tiver as minhas dúvidas.
Bem bom!
beijinhossss

Cris Bolbosa disse...

João, voltando ainda ao tema das fresias campestres, peço desculpa por estar a ser chata, mas não resisto a saber mais sobre a nossa flora.
Estive a ver a tua foto e os botões que estavam por abrir parecem-se mais com as Sparaxis do que com ´Freesias. Podes colocar uma foto de uma flor aberta?
Mais uma pergunta: dizes que se vêem no campo. Aparecem em que sitios? Mais descampados? Em que altitude?

Espaço do João disse...

Cris.
Realmente as que tenho em casa foram obtidas no meio campestre. No meio dum pomar de laranjeiras rodeado de pinhal em Santo André local onde vivo, Concelho de Santiago do Cacém.Logo que tenha outro botão bem aberto enviarte-ei com muito gosto . Não te consideres chata , porque é assim como tú que chegamos a muitas conclusões. Pergunta sempre pois se souber responder de bom grado o farei. Beijo fraterno João

Cris Bolbosa disse...

João, a outra mensagem também era referente às campestres.
O que me está a intrigar é o tipo de planta : frésias silvestres? por isso a minha curiosidade.
Sabes que eu adora flores silvestres? E essas eu não conheço!
Assim que puderes, mostra-me a foto dela, para eu acalmar a curiosidade.

Dizes que as colheste no meio de laranjeiras? Não terão sido plantadas por alguém que cultivava as laranjeiras?

Estou "em pulgas" para ver a flor!

Espaço do João disse...

Olá Sofiamar.
E porque não? Sou um livro aberto para todos aqueles que me quiserem ler. Desde que eu saiba responder às questões que me puserem, de certeza que terão resposta. Não tenho pretenções a sabichão mas, não me importo de partilhar com outros a minha nediocridade. Abraços João.

joão gomes disse...

tambem tenho uma sica e que ano passado foi transplantada de um vaso pra o canteiro, e tambem tem essas flores junto...