quarta-feira, 30 de julho de 2008

Pastagem

Estamos no Litoral Alentejano, nem tudo está seco como muita gente pensa. Aqui foi um arrozal e, mais ao longe vemos um pouco de terreno que foi ceifado. Juntamente ainda vemos um pulmão de pinheiros mansos predominantes nesta região.

4 comentários:

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Oi, João! Ainda não tinha visto essas paisagens incríveis do Alentejo, tenho andado muito gripada. Tens alguma receitinha boa de ervas com mel para me dar?
Noite com perfume de rosas!!!

Elenilson Nascimento disse...

Olá, estou aqui para convidá-lo a conhecer a LITERATURA CLANDESTINA:
http://literaturaclandestina.blogspot.com/
Conto com a sua presença por lá . Um abraço Elenilson

mundo azul disse...

Penso que um dia, ainda conhecerei esses lugares!

Belas fotos, João!

Beijos de luz!!!

Sophiamar disse...

Conheço bem esses lugares, João. Já fui várias vezes a Sines em visitas de estudo. A Cidade de Vila Nova de Santo André ainda é mais bonita quando se contacta com as suas gentes.

Beijinhos