domingo, 10 de agosto de 2008

Para todos os visitantes

Está a aproximar-se a época das vindimas. Aqueles que quizerem dar uma ajudinha, era conveniente começarem a inscreverem-se, pois temos que preparar o lanchino que só será servido depois do trabalhinho pronto. Isto não pode ser dado e arregaçado.

8 comentários:

Pascoalita disse...

ahahahah Qdo era miúda gostava bem de vindimar! Tinha uns 9 anos e já ia ganhar o dia e o patrão paga-me tanto como a qq mulher. Aguentava o dia inteiro, a maior parte do dia a cantarolar eheheh bons tempos!

mas diz aí ...
esta, como se chama? Daqui parecem já estar maduras, arrisco dizer que estão bem mais adiantadas do que na minha zona.

Eu ofereço-me já para ir vindimar, e não preciso de cesto e também dispenso o lanche ... é colher e papar. Pode ser???

Laura disse...

Bem, eu sentava-me ali em frente a esses cachinhos epimba, baguinho prá qui baguinho prá li e já tava no bucho..mas que lindos cachos. e sabes que mais João? devias abrir uma escolinha ai em casa e ensinavas e ainda ganhavas, como se faz a agricultura passo a passo e escreviam nos cadernos e tudo..Já viste a ideia? e praticavam ai na tua casa e além de te pagarem ainda te cavavam a horta toda..olha prá sminhas ideias boas!... Beijinhos da laura..

Anderson Cádor disse...

chegando o tempo...

Teresa Calcao disse...

Ja agora quero saber que genero de lanchinho nos vais preparar Joao.....pois vindo de ti,sei que vale a pena atravessar o Atlantico.....e com as saudades que tenho da nossa comida portuguesa.....Lol!!!!!!!!
Beijinho grande

ameixa seca disse...

Pois... quem não trabuca não manduca ;)

Cusquinha endiabrada disse...

"Aparece sempre que quizeres pois um dos meus maiores prazeres é conviver e, em especial com a juventude. A partir de agora passarás a tratar-me por tu, pois já pertences à família. Beijinhos do Avô João."

Ora cá estou eu a responder ao convite ... sou uma sortuda!!! A Blogosfera está cheia de parentes meus, começando na madrinha laurinha das résteas de sol e acabando no avô João do espaço ahahahah ahahahahaahh

Bem, aqui estou para provar as uvas. Escolhi estas porque me parecem maduras. Estou enganada? Estão espero, ora essa!!!

E não foi por acaso que aterrei neste post e não naquele onde apelavas ao trabalho. Querias mão de obra barata, nera??? Espertinho!!! Não ouviste falar que a exploração infantil é crime???

Primeiro lancho, depois se vê se a barriguita fica capaz de dobrar ecolher o cachos ahahah

Boa colheita :)*

bjitos

Crisfonseca disse...

Olá João,
me desculpe pela invasão, encontrei teu blog andando por este mundo virtual e ao entrar aqui não resiste ao ver esta bela foto.
Fico a imaginar quanto magia deves ter colher uma uva e depois saboreá-la.
Adorei o blog, tens um belo espaço.
Quando quiser visite me tb, fique a vontade.
Abraços,
Cris

goreti disse...

João, vc me fez voltar á infância, tínhamos´plantação de uvas, os meus pais faziam o vinho exatamente assim, mas a minha avó tinha uma parreira que era a sua "menina dos olhos", era a uva americana, só pra consumo, então como comíamos as uvas verdes, ela fazia uam mistura de cinza com agua e passava nas uvas, pra que elas coseguissem amadurecer.
Taduinha da minha avó!
"Ai que saudades que eu tenho, de alguns anos atraz..."