sexta-feira, 3 de outubro de 2008

As árvores morrem de pé




Nem sempre no Outono isto acontece. Esta, infelizmente morreu antes do Outono

17 comentários:

Beatriz disse...

Triste, não João! Dá pena ver árvores mortas. Aqui sentimo-nos pior, pois elas não morrem sozinhas por motivos climáticos, mas são derrubadas aos montões e são roubadas vergonhosamente, sem que se faça nada para salvá-las. Alguns até tentam, mas são mil contra milhões.Voltando à você, é tão bom, na nossa idade termos ainda forças para o trabalho, mas não podemos exagerar.

Muitos beijos e muita saúde!

NELIO disse...

INFELIZMENTE,É SEMPRE UMA PENA VER UMA ÁRVORE MORRER....HOJE VI NAS NOTÍCIAS UMA DOENÇA QUE ESTÁ A ATACAR OS PINHEIROS,E PELOS VISTOS ESTÁ A AVANÇAR.....É O CASTIGO PARA O HOMEM QUE NÃO RESPEITA A NATUREZA....CARO AMIGO JOÃO ESPERO QUE TENHA UM FIM-DE-SEMANA EM GRANDE NA COMPANHIA DA SUA JOIA E SEU NETINHO COMPRIMENTOS PARA TODOS MEUS E DE MEUS VELHINHOS.....

Maria Dias disse...

...A prova viva de que na vida nada é para sempre infelizmente.

João venha colher uma flor no Avesso...

Beijo e bom fim de semana

Rui Caetano disse...

É como nós. Mas nós temos de lutar por esse direito, dia a dia.

JC disse...

Tudo tem um fim. O que é lamentável é que não se plantem tantas ou mais do que aquelas que morrerm. Sem elas também n´s não conseguimos viver.
Abraço

Laura disse...

Adoro o outono, adoro todas as estações, é por isso que nunca vou abaixo com nenhuma ehhhhh, porque gostando de todas sinto-me bem a cada mudança e fico feliz por ver as mudanças de tempo de ar de cheiros de sol... Beijinhos e oxalá na chova no nosso dia especial...

Laura disse...

Agora arvores que morrem, sempre s eaproveita a lenha, a minha mãe tem perdido macieiras pereiras e pessegueiros e limoeiros, vai tudo..é a vida...

Ana disse...

É mesmo João as árvores morrem de pé, fez-me lembrar um teatro que vi há muitos anos e que te deves lembrar também em que a grande artista já falecida Amélia Rey Colaço, batia no palco com a bengala a dizer: ”As árvores Morrem de Pé” ... Nunca mais me esqueci dessa frase acreditas?
Gostei muito do que li e vi no teu Blog, é sempre um prazer muito grande fazer-te uma visita. Beijinhos da amiga, Ana

mundo azul disse...

Árvores que morrem em pé, parecem ser mais tristes que as deitadas ao chão...

Beijos de luz e o meu carinho, querido João!

Rose disse...

Melancolia, triste fim, mas é a realidade.

Estela disse...

Olá João,
É sempre triste ver a morte de uma árvore.
Aqui no Brasil aconteceu, com um Ipê Amarelo, após ele ter sido transformado em poste,ele renasceu, presenteando a todos com uma bela floração. Veja a notícia em meu blog.
Um abraço.

Laura disse...

João, lembrei que preciso de adubo pós tomates, tão seis pés, os que transplantei para outro vaso estão piquinitos, ai que me enervam, e como tens pois trabalhas a terra que tal se me trouxesses no bolso um cadinhoi dele, so umas bolitas, ate a tua jovem as trás na maleta dela a minha mãe tem, mas sempre que lá vou esqueço-me de pedir e...ou usas o quê? bolas azuis? pós? na conheço, bem,e stão dentro do quarto do Nuno na janela, já que ele na dorme cá...a terra era de saco e dizia que era com substratos, mas o tomates do vaso do lado tão pequenitos, se nemd erem tenho os outros 3 pés que crescem bem... Beijinho e´é só um cadinho muito pequenininho de adubo, os vasos são compridos e não muito largos, depois vês... juro que na é pa pagar o almoço ehhhhhhh, é so pa ajudares na agricultura cá de casa..ji da laura..

Cusquinha endiabrada disse...

Esta minha madrinha é uma pedinchona! Inda por cima troca o nome às coisas ... então não sabes que certos legumes se cuidam com "pó talco" ???

Bolinhas azuis??? Dessa cor juro que só conheço aquelas para matar ratos eheheheh

Cusquinha endiabrada disse...

Sorry vovô João ...

Há pouco entrei com enorme pedalada pra dizer algo sobre esta "morte precoce" mas como sou mto cusca pus-me a ler os comentários e a minha madrinha tira-me do sério ...

Cá pra mim esse exemplar foi vítima de alguma blasfema do tipo "não vir um raio que te parta"

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

João:
Saí da Blogosfera, acho que você devia saber isso por mim. Posso voltar a qualquer hora, pois mantive o Blog, o meu perfil está lá. Mas foi muita pressão. Há um post lá, em que deixo o meu beijo da paz a quem por lá passar. Espero que você passe. Obrigada pela força e por todas as lindíssimas flores, sobretudo as rosas, que você me deu.
Um abraço,
Renata

amigona avó e a neta princesa disse...

Vim matar saudades...vejo coisas linda...abraço...

Bill Stein Husenbar disse...

Amigo João,

Fim dramático...
Para si:

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/