sábado, 27 de dezembro de 2008

Salvas da Morte



Esta roseira, comprei-a este ano. Esteve a morrer pois era de viveiro e não gostou da nova morada bem, como a coroa de Natal. Com paciência e alguns cuidados fizeram-se á vida.

2 comentários:

NELIO disse...

caro amigo João esse prato é mau para a planta em questão,a raíz acaba por apodrecer....

FERNANDA & POEMAS disse...

Querido João, tu tens mãos mágicas para tratares as flores... Linda a roseira, já com uma rosa linda... Um abraço de carinho,
Fernandinha