quarta-feira, 29 de abril de 2009

Cravos Aéreos

Esta planta não necessita de terra e, como água basta-lhe o orvalho das noites. Está únicamente presa a um de seus rebentos num tubo, exposto ás mais diversas intempéries. Dá flor uma vez por ano. Propaga-se com muita facilidade.

2 comentários:

Tombazana disse...

Amigo

Também tenho uma planta destas e nunca deu flor...pensava que nem dava...o que eu aprendo por aqui.

Um grande Bem-Hajas pelas tuas palavras mais uma vez e quero aqui retribuir o convite...

Beijinhos

Cris Bolbosa disse...

Se a puseres presa ao tronco de uma árvores, vai-te agradecer. Assim dás-lhe protecção com as folhas da árvore, e também ajuda mais a reter a humidade.
Que saudades eu tenho das minhas nos troncos do damasqueiro.
Por cá também estão em flor.