terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Asplénium

Este exemplar esteve mesmo ás portas da morte. Com amor e carinho lá se conseguiu safar. Sua propagação faz-se por meio de minúsculas sementes que estão alojadas no verso da folha . Pequenos "esporos" em forma de risca e de cor castanha. Normalmente caiem no próprio vaso e, aí se propagam. No entanto não é muito fácil.

16 comentários:

Ana disse...

Olá amigo!
Conheço muito bem esta linda planta, já a tive há uns anos mas depois "faleceu" penso que a reguei a mais:-))
Mas tu sabes tratar das plantas e lá consegues fazer milagres:-))
Beijinhos,
Ana Paula

Laura disse...

Pois, tu sabes tornar o dificl fácil, mesmo nem sendo, lindaaaaaaaaa e que folhas maravilhosas..só tu, abraço da laura

Namarrocolo disse...

Sousa
Julgo que sabes mas aqui fica um conselho:
Nao toques nas folhas antes de completamente desenvolvidas pois se o fizeres ficam com defeito.

Um abraço e trata bem das abelhas que o Inverno nao despega.

Maria Dias disse...

Tens as mãos abençoadas e um coração caridoso e só por isso esta vida nao se se perdeu...


Beijinhos

Maria

.Lis disse...

Oi amigo João
Voltando da temporada de mar e montanha , venho deixar meu abraço e te ver.
Bonita folhagem, o verde é sempre um bom calmante.
Fique bem, meus abraços

Rui disse...

Olá amigo J Sousa
Ainda bem que conseguiu fechar essas portas a tempo :)
A Plantinha mereceu o esforço.
Abraço
RS

AVOGI disse...

Ola meu amigo
já tive dessas esteporadas mas não se dão aqui. por mais que fale com elas,nada. teimam em não serem minhas amigas.

Tombazana disse...

Olá João, há quanto tempo...

Esta planta...da família dos fetos fica linda suspensa pois as suas folhas penduram quase do tecto ao chão.

Beijinhos

São disse...

Compreende-se, sem sair do sítio...torna-se difícil.

sabes que em dias de forte tempestade se ouvia o mar da praia do Norte na terra de meus pais?

Um abraço

Rubi disse...

Amor e carinho são muito importantes!

Concha disse...

É o renascer contínuo da natureza, também ela precisa da nossa atenção e carinho.
Felizes são as plantas do seu jardim com tamanha dedicação.
Beijos

Teresa Calcao disse...

O Amor faz milagres....e o resultado esta a vista!!!!
Beijinhos

Andre Moa disse...

Caro João,
aqui me encontro eu, a agradecer a amável visita ao meu blogue e a tomar contacto com um espaço atraente e ecológico. Descobri, de repente, várias afinidades entre nós, a começar pelo amor à vida, a ligação à natureza e ao gosto por flores e plantas. Vou elaborar resposta mais condizente lá no meu blogue.O meu ponto de encontro é lá, à lareira, em amena cavaqueira entre amigos. É que não posso sair muito. "Constipo-me" com facilidade e canso-me de andar a calcorrear os espaços dos outros. Peço antecipadamente desculpa pela pouca assiduidade com que aqui vier.
Um grande abraço.
André Moa

Silvana Nunes .'. disse...

Linda, João. Que bom está recuperada.
Beijo grande.

São disse...

Acabaram-se les fleurs?
Je t´embrasse.

São disse...

ESpantada com a qualidade do teu francês, te felicito muito por ela.
Um bom domingo.