segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

As primeiras papoilas

Há Alentejo... Quantas mulheres andaram na tua monda dentro dos trigais? Quantas lágrimas cairam sobre vós como se fosse chuva? Hoje, os campos estão quase ao Deus dará pois os trigais desapareceram mas, as lágrimas ainda vêem aos olhos daqueles que não teem memória curta.

5 comentários:

São disse...

A minha mãe começou a trabalhar nos campos alentejanos aos onze anos, deformando a coluna irremediavelmente.

E houve quem parisse sózinha nos campos!

Poe estas e por outras é que me enfureço com as anedotas estúpidas e preconceituosas sobre as gentes do Alentejo, sabes?


Um abraço bem grande.

AVOGI disse...

o Alentejo é conhecido e será sempre pelos campo de trigo e papoilas. e que assim permaneça na memoria de nós portugueses de cá e de lá. kisses

Observador disse...

O prometido é devido, caro João.
Espreitei o espaço e vi papoilas.
E perguntas para as quais ninguém tem resposta.
Sinal dos tempos que passam...

Abraço

mundo azul disse...

___________________________________

Gosto muito de papoulas! Elas são extremamente delicadas...


Fiquei feliz com a sua visita, meu amigo!


Beijos de luz e o meu carinho...

_______________________________

Rubi disse...

Sempre gostei muito de papoilas. Jinhos