domingo, 16 de maio de 2010

Para a Avogi

Disseste da outra vez que só vias folhas. Clica duas vezes sobre a imagem e, verás a sua real beleza pese embora não seja muito perfumada.

10 comentários:

AVOGI disse...

JOAO mas que coisa tão feia. tem uma bela cor mas como flor é feia como o demo, mas aceito-a e coloco-a no meu blogue na rubrica gente que fala de mim. kis obrigada.

lis disse...

Oi João
A Avogi é demais hilária e sincera. gosto dela , seu humor é uma fonte de alegria pra mim.
A flor é um tanto estranha, a cor é mes linda! ms é meio exagerada nas folhas .
saudade dos seus poemas por lá. Te espero.
abraços com boa semana

ARANOI disse...

olha eu gostei agora so fico imaginando tamanho que esta flor é parece ser enorme.
bjocas

Olga disse...

Cato grande esse. E o selo da Avogi?

Laura disse...

Cacto ou não, feia ou não, acredito que tenha poderes curativos ainda por descobrir...
aquele apertadinho abraço da laura

ARANOI disse...

Se todos nós conseguissemos escrever o livro da vida com tao belas atitudes seria tudo simplesmente maravilhoso.
E vce amigo escreveu muito bem nos proporcionando momentos belissimos de cumplicidade aos nos presentear com belas imagens ...Por isso deixo minha dedicaçao a sua pessoa com meu texto;

AUTORES
Somos autores do nosso livro da vida
Somos autores de nossos atos
Somos capazes de construir pagina em branco ou rabiscá-la
O que mais encanta que sempre escrevem.
Ainda bem que temos a borracha para podermos apagar
Algo que não possa nos agradar
Ainda bem que podemos e devemos ser assim.
Autores dos amores, das amarguras que a vida venha colocar
Posso ter um papel em branco e de cores poder pintar
Vai depender de mim a cor que eu quero chegar.
Outros farão partes dessa folha, mas as cores só eu mesmo posso determinar
Autores de nossa vida o perdão posso dar
Porque o livro quem assina é DEUS e só ele pode julgar
Não é erro em uma página você querer rabiscar, mas apagar é melhor que o livro sujar
Volta sempre o perdão aquele que abriu seu coração
E no livro ele escreveu sua proposta de retificação.
Por DEUS ele foi absorvido dando ele seu perdão.
Os homens ainda há um pouco de conflito se perdoa ou não!
Mas se somos capazes de sermos autores, com certeza qualquer dia a borracha podemos precisar.
Até mesmo na próxima página do livro podemos com certeza a borracha usar.
Se eu tenho consciência disso, com o lápis posso escrever que deixo aqui na minha página minha admiração por você
Não tenho o que desculpar alguém que errou, mas agradeço a ele por poder ter usado a página e em branco o livro que ele não fechou.
Autores somos o tempo todo, mas e biografia é Deus quem assina
Lápis e a borracha ele concedeu e deixou claro, que o livro e meu.
Posso apagar e reescrever minha pagina, mas e sempre bom ter em um pagina o perdão escrito, porque foi ele quem me concedeu.
Está perdoado...

Maria Dias disse...

Oi João...

Mas q planta interessante(é uma flor?)a natureza sempre a nos surprender e esta cor está demais!

Beijos e fim de semana!

Perla disse...

Sempre de uma enorme beleza este jardim! mesmo que esta flor me seja de todo desconhecida...

Beijinhos

Espaço do João disse...

Meus caros/as
Esta flor quanto a mim só tem um inconveniente.
Como é uma flor carnívora, tem a particularidade de seuperfume não ser muito agradável, mas é preciso abeirar-mos dela. É uma das flores mais raras que tenho em meu quintal.É duma beleza inqualificável, no entanto aceito que haja quem não goste dela. O tamanho das flores chega a atingir os 50 cm de comprimento e, sua folhagem bem como seu tronco são antásticos. Beijinhos para quem não gostar delas.

Bordados da Neusa disse...

Qual o nome desta flor diferente? Gosto de flores diferentes.