domingo, 17 de outubro de 2010

Vadios mas atentos ( Clicar 2 x sobre a foto)

Não deixam de ter a sua beleza, mas são vadios.

19 comentários:

Observador disse...

João

Ponha a bolinha no sítio adequado.
Isso não é sexo em grupo?

:):):)

teca disse...

Eu prefiro os cães...

Beijocas de cá.

Boa semana!

pituxasilva disse...

Ohhhh q kidos e lindos.

Aqui em casa tb há gatos e caes.

cumprimentos pituxasilva

Fatyly disse...

Pois são vadios...mas vieram ao cheiro dos teus grelhados e a ver se levam algum bocado:))))

Rose disse...

Gostaram daí.
Querido, imagino sua mão na cozinha...temperos e geléias.
Bjs, querido.

Cida disse...

Mas esse "Observador" decidiu pegar mesmo no seu pé, hein João? =)

Muito lindos os gatinhos.
Me lembrou a casa da minha sogra que era CHEIA deles (todos vadios como esses), mas voltavam sempre, pois meu sogro nunca deixava faltar comida prá eles.

Tenha uma excelente semana.

Cid@

anete joaquim disse...

Podem ser vadios, mas não são parvos. Vieram aconchegar-se onde sabem que podem ser amados. Um beijão e obrigada pela força que me tens dado. bjs

JE VOIS LA VIE EN VERT disse...

Vadios mas solidários !

Caro João,
Já não vinha cá há um tempo, por razões que conheces, e gostei de percorrer o teu blog e ver as belas fotografias do mundo que te rodeia.

Parece que não concordas com o que tivemos que fazer com os meus pais. No entanto era a única solução por várias razões. Eu só posso ajudá-los de longe (e de perto de vez em quando) porque era de todo impossível trazê-los para Portugal principalmente por causa da língua e do sistema (péssimo) de saúde (quando precisavam de médicos, os meus pais telefonavam e o médico ia lá à casa por 24 euros e o hospital era ao pé de casa e não só eram atendidos rapidamente como ficavam internados em quartos para observação)* e tb porque a minha casa tem muitas escadas que eles não podem subir.
Eu faria tudo pelos meus pais mas nunca exigiria nada dos meus filhos, contrariamente a ti, e já com 57 anos, estou pronta mentalmente, se for necessário a viver num lar quando for a minha vez. A frase que oiço sempre aqui em Portugal, "viver na minha casinha" a mim não me afecta nada. Eu só preciso do meu quarto e da minha casa de banho próprios, são as minhas únicas exigências. O resto, para mim , é secundário e materialmente já tenho esta possibilidade. Os tempos são outros e todas as pessoas com quem falo descrevem-me a dificuldade em "tomar conta" dos pais, seja pelos problemas de saúde dos pais, seja pelos problemas de saúde dos filhos (entre outros, costas), seja pelo afastamento, seja pela falta de tempo porque são pessoas que ainda trabalham e pelos visto ainda vão continuar a trabalhar, conforme proposta de lei...
A minha mãe já me disse várias vezes que posso ter a consciência tranquila porque sempre fiz tudo para eles. É bom ouvir isso.

Beijinhos
Verdinha


* A penúltima vez que estive em casa dos meus pais, o meu pai sentiu-se mal e depois de ter telefonado e explicado tudo ao telefone (urgências), passados 5 minutos vieram 1 ambulância, 1 enfermeiro, 1 médico e 2 carros com material para reanimação - que felizmente não foi utilizado - e electrocardiograma. Enquanto o enfermeiro tirava sangue e colocava soro ao meu pai, o médico observava o meu pai e fazia-lhe um electrocardiograma. Quando estabilizou, foi levado de maca para o hospital e ficou lá 3 dias Tal e qual Portugal, não é ????

Maria Dias disse...

Eu sou suspeita pois AMO gatos!
Esses vadios sao lindinhos!

Beijinho e ótimo início de semana!

armalu disse...

Adoro animais, e então cães gatos e passaros é comigo.

JE VOIS LA VIE EN VERT disse...

Obrigada, amigo João !
Beijinhos
Verdinha

JB disse...

Também já tive aqui uns assim... a mãe veio com as crias para o meu terreno porque em frente estavam a começar uma obra. Posso dizer que os vi crescer, lindíssimos, observava-os da janela da cozinha, é simplesmente uma loucura. Ainda os fui alimentando e tentei dar comida pela mão ao Doirado mas quando são vadios... E, um dia, sentiram que era hora de abandonar "o ninho" e todos se foram embora...

Abraço!

AVOGI disse...

ador gatos brancos deve ser tara, mas gosto e esses vao vir comigo já que sao vadios...

Anamaria do Val disse...

que lindos, que lindos, que lindos!!!! cuide deles, são vadios mas são tão lindos!

Rose disse...

Um beijo, querido.

Fernando Santos (Chana) disse...

Belo registo...Espectacular....
Cumprimentos

lis disse...

Eu adoro João
se nao quiser despache pra cá rsrs

abraços

amaef disse...

São lindos.
Abraço.

BRANCAMAR disse...

Vadios mas muito bonitos. Gostei de conhecer o seu sítio e de ter a sua visita, há muito tempo acho que nos cruzamos por espaços de amigos comuns, mas foi agora a oportunidade de nos conhecermos.
Voltarei.
Um abraço
Branca