segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Paphiopedium ( Curiosidade)

Presente de Natal
Pela primeira vez obtive na mesma aste, duas flores. Será que as curiosidades gostam da minha cara?

18 comentários:

São disse...

Não sabia o nome mas gosto da flor.

Meu amigo, na próxima quinta-feira espero-te no "são", não te esqueças, sim?

Alegres festas vos desejo a ti e oas teus.

Catarina disse...

Interessantíssimo!

Fatyly disse...

Uma variante de orquidea...e claro que gostam tu tratas tudo com tanto amor e carinho que as flores retribuem com a sua beleza:)

Maria Dias disse...

Sim um belo presente de Natal e se eu nao aparecer aqui até lá,desejo a vc um feliz Natal para vc e todas as pessoas q ama.

Beijinhos


Maria

Jardineiro do Rei disse...

Caro Amigo João...
Nesta época de luzes e de cor... nada tenho de material para oferecer aos meus amigos. Apenas o meu gosto pelo mundo encantado das plantas e um pouco de poesia...

Um excelente Natal...

FALA DO HOMEM NASCIDO

Venho da terra assombrada
do ventre de minha mãe
não pretendo roubar nada
nem fazer mal a ninguém

Só quero o que me é devido
por me trazerem aqui
que eu nem sequer fui ouvido
no acto de que nasci

Trago boca pra comer
e olhos pra desejar
tenho pressa de viver
que a vida é água a correr

Venho do fundo do tempo
não tenho tempo a perder
minha barca aparelhada
solta rumo ao norte
meu desejo é passaporte
para a fronteira fechada

Não há ventos que não prestem
nem marés que não convenham
nem forças que me molestem
Correntes que me detenham

Quero eu e a natureza
que a natureza sou eu
e as forças da natureza
nunca ninguém as venceu

Com licença com licença
que a barca se fez ao mar
não há poder que me vença
mesmo morto hei-de passar
com licença com licença
com rumo à estrela polar
(António Gedeão)

Fernanda disse...

Amigo João!

Destas ainda não tenho!
Parabéns, são lindas. Adoro orquídeas.

Feliz Natal

Este Natal …

Um tempo,

Um espaço,

O abraço.

É o Natal de sempre

Igual a outros Natais de outros tempos,

Igual a si mesmo na manifestação,

Na celebração,

No acontecimento.

Todo o enfoque que lhe damos,

Tudo que o envolve amarra e ata

São proveito e proventos

De manifestações acordadas,

Temperadas e outorgadas

Pelos tempos instalados,

Presentes no desassossego

Das nossas vontades,

Ausentes na luz da madrugada

E na lonjura do brilho da safira.

O Natal será sempre

Um Tempo,

Um Espaço,

Uma época,

De sementeira de amor,

De enxugar a dor

No grito gritado,

No dardo lançado,

Na meta traçada,

Na mão amarrada

Ao cais da esperança.

O Natal deste tempo

Será sempre e quando

O Homem estiver disponível

Na leira do seu coração.

Natal de 2010

Maria José Areal

Beijinhos

José Antonio disse...

A MIGO VALE A PENA ESPERAR PARABÉNS E UM SANTO NATAL .

M. disse...

Ficaste com uma linda aste!

Tu gostas de me provocar joão!!!!

Não digas que é involuntário!

joão gomes disse...

À uns anos ( 2 anos) atrás também encontrei uma raridade dessas lá junto dos meus outros "sapatinhos", mas antes da segunda flor florir o cão resolveu "afiar" os dentes :( , já agora marca o vaso para ver se no próximo ano a historia não volta a repetir-se ;)

Observador disse...

"Será que as curiosidades gostam da minha cara?"

Provavelmente, João.

Abraço natalício.

(sub)TIL disse...

Eu conheço-as como orquídeas...
As curiosidades gostam de ti,claro!Ou eu não estava aqui...

CF disse...

Também este natal nasceram duas destas...mas não na mesma aste nem no mesmo vaso! E já me dei por satisfeita.
O seu vaso está lindo! Adoro os "sapatinhos". Madeirense que se preze tem disto em sua casa.
Abraço
CF

Lis disse...

É uma especie bonita de violeta.
A variedade de cores também é muito grande.
Gosto dessa amarela e é curioso desenvolver assim diferente.
Feliz Natal
um abraço João

Celylua - O blog das Letras disse...

Olá João,
Adorei conhecer seu magnífico blog, parabéns!
Eu desejo pra você e sua família “Feliz Natal e Próspero Ano Novo com saúde, paz, amor e muitas alegrias”.
Deus abençoe você e sua família infinitamente.
Beijos repletos de poesias.
Carinhosamente,
Cely.

São disse...

João, meu caro amigo, é quinta -feira e desde este momento agradeço que passes pelo "são" e deixes a tua opinião.

Pelo favor, te deixo o meu grato abraço.

Cusca Endiabrada disse...

Passando para deixar votos de Feliz Natal, na companhia da vovó Nandinha.

dentadinhas (na bochecha) da netinha endiabrada

Je Vois la Vie en Vert disse...

Comprei há tempo uma orquídea com mini-flores mas caíram logo. A folhagem está bonita. Será que vão voltar as flores ? O que fazer para isso ?
Beijinhos
verdinha

Clarice disse...

OH, eu morro de piedade quando lembro que meus gatos comeram minha orquídea sapatinho de princesa(é assim que chamam aí?) até a raiz. Não sobrou nem foto.
Linda essa dupla flor.
Abraço.