sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Abacateiro

Para quem não souber:- A manta de plástico preta que se encontra junto ao pé do abacateiro é com a finalidade de protegê-lo da geada. Como esta se propaga de baixo para cima, sob a manta, coloca-se uma camada de caruma. Assim sendo, a geada, não queima as folhas nem as flores que já começam a aparecer.
Nota:- Para abertura das fotos, clicar 2x sobre a mesma.

19 comentários:

Anamaria disse...

que interessante, João,mais uma que aprendo aqui com você! Um abraço querido amigo

AVOGI disse...

andando e aprendendo com este homem do povo e para o povo
kis :=)
bom fim de semana

M. disse...

Não gosto muito de abacate...Mas gosto de abacateiro...

Se tiver manta, então mais ainda!

teca disse...

Vivendo e aprendendo...
Amigo João, já vi tudo que deixei de ver na época certa!
Já está tudo em dia!
Bom fim de semana.
Muitos beijos.

Isabel Soares disse...

Adorei estas suas fotos. Tanto verde é uma maravilha para os olhos. Que sorte a sua!

São disse...

é sempre bom aprender. Principalmente , com quem explica assim tão claramente.

Caro João, bom fim de semana.

Catarina disse...

Também aprendi alguma coisa! Bom fim de semana.

CF disse...

Andando e aprendendo...tenho por cá uma pitangueira e um arassaleiro. Começo a achar que merecem um tratamento destes, pois são arbustos tropicais que trouxe lá da nossa ilha. O que me diz?
(qualquer dia começa a cobrar os conselhos de jardinagem... eh eh)

Maria disse...

Amigo joão muito interessante, hei-de perguntar á minha sogra se ela sabe dessa forma de proteger da geada. Estamos sempre a aprender.
Tenha um maravilhoso fim de semana
beijinhos
Maria

Je Vois la Vie en Vert disse...

Olá João,

Fui até em baixo ver todas as tuas belas fotos porque já havia um tempinho que não vinha cá, por várias razões pessoais.
Não só podes abrir uma florista como uma frutaria ! ;)
Beijinhos
Verdinha

Strega Mamma disse...

Prezado João, cheguei até aqui através do blog da Hazel e fiquei maravilhada com o carinho que tens com as plantas.Adoro abacates !Lindas as suas postagens , voltarei outras vezes. Receba um abraço carinhoso daqui do Brasil!Se quiser visitar-me , ficarei feliz ( endereço do blog : http://stregamamma.blogspot.com)

Lucia disse...

Só agora comento porque tenho estado com dificuldades informáticas.
Agradeço a sua explicação e imagens bem elucidativas do que já me tinha ensinado.
Assim que chegar ao Monte, vou logo tirar os garrafões de plástico (ideia da Tuka para rega) e experimentar esta solução.

Cida disse...

Oi amigo!

De passagem pra te desejar uma linda semana :)

Antigamente, eu não podia comer abacate, pois me dava muita dor de estômago. Há cerca de 2 anos e meio atrás passei por uma cirurgia para retirar a vesícula, e após isso reparei que já posso comê-los sem problema...
Meno male!...:)

Beijinhos pra você e para a Fernanda.

Cid@

* Vc está me devendo a resposta a respeito da idade da mulher...rs

Cida disse...

Hehehehehehehehehehe

Ficar chateada com você???

Estou é me acabando de rir!!!

Beijooooooo

Fatyly disse...

Desconhecia o "trato" e que linda que está, já que na minha terra não era preciso nada disso. Uma coisa que se fazia era apanhar as centenas:) de abacates ainda verdes porque se caiam de maduros era um fedor que não se podia e prejudicial aos animais.

Aqui perto há dois abacateiros. Um enorme que eu sei lá e sempre deu frutos. Um outro no outro lado da quinta nunca deu qualquer fruto. Recordo-me do meu pai falar que havia uns que não davam, mas não sei explicar o porquê e qual o tipo de árvore. Na escola das minhas netas há um bem frondoso, plantado já há uns 7/10 anos e nunca deu fruto.

Para que elas aprendam, fiz o que fazia em miúda: peguei no caroço, espetei três palitos, está de "rabinho na água" e já rebentou:)

Strega Mamma disse...

Alegrou me muito a sua visita, muito obrigada! A água solarizada tem sido muito utilizda pelas pessoas que curtem as terapias Naturais, a Natureza ...enfim procuram não se intoxicar de remédios que mais enchem os bolsos das indústrias farmacêuticas. Estas químicas só quando estritamente necessárias, pois trazem consigo uma lista de contra-indicações e efeitos colaterais...As palntas com as cores correspondentes poderão ser ingeridas oferecendo - em termos de cor - as mesma propiedades.
Um abraço carinhoso , e vou aguardar por novas visitas !

carol disse...

Apesar de tudo, prefiro as laranjas.... Não OS laranjas!

Clarice disse...

Morei muitos anos numa cidadezinha muito fria. No inverno catávamos panos e plásticos para salvar mamoeiros e plantinhas mais estimadas por minha mãe.Geadas de doer nos ossos.Mas de cobrir a raiz é novidade.
Abraço.

anete joaquim disse...

Se fizeres o mesmo às roseiras, elas não sentem o inverno. bjs