quarta-feira, 9 de março de 2011

Mais uma e, também é vermelha. (façam duplo clic sobre as fotos)


10 comentários:

Isabel Soares disse...

Que pena este canteiro não ficar mais perto da minha casa!

Catarina disse...

Um espanto!

Cida disse...

LINDA!!!

greentea disse...

ola

rosas não tenho ...
só narcisos e amores perfeitos !!

Observador disse...

Lindo!!!

Caro João, não se esqueça de regar as plantas.

:)

Lis disse...

Com a chegada da primavera seu "Espaço" vai embelezar ainda mais João.
Maravilhosas!

- a florzinha azul-lilás que viu no meu blog ,nao sei o nome , é rasteirinha , planta-se pra forração de jardins , a folhagem nao cresce muito e são lindas mesmo.
Colhida em um jardim de praça pública , coloquei numa taça e tentei um macro , ficou assim ,esse encanto todo.

abraços João

M. disse...

Lindos ficarias tu no meio delas:)

Tite disse...

Rosas????
Frésias tenho de duas cores como tu agora rosas?????

O Alentejo é um espectáculo de natureza nos alvores da Primavera.

Devia ter ido viver para as tuas imediações e já não sentiria esta humidade que existe aqui pelo Oeste. Só é bom para as uvas, couves e... pêra rocha
Bom FdS

Espaço do João disse...

Isabel Soares.
É só descer mais um pouco. Ainda hoje, estive a plantar uma nova espécie de arbusto, comprado na feira.

Catarina.
Seria de espantar era se um madeirense com quintal, não tivesse flores.

Cid@.
Como todas as flores que a natureza nos proporciona.

Greentea.
Casa onde não há rosas , é como casa onde não há pão.

Observador.
Felizmente tenho um furo artesanal, feito cá pelo rapaz, com o intuito de regar as flores.
Também os cães como eu, bebem dessa água e, não morrem.

Lis.
Estamos a chegar à primavera e, como tal, o colorido das flores realçam cada vez mais.

M:M
E, se ficassemos os dois num canteiro? devia ser mais lindo, até os gatos admirariam.

Tite.

O nosso alentejo, é rico em tudo. O que é preciso é semear e plantar.
Há muito espaço.

Joana disse...

Recebi uma dessas há precisamente uma semana. Neste momento já está a tombar, e murcha. É uma pena que seres tão bonitos durem tão pouco tempo!