segunda-feira, 21 de março de 2011

Será que vai haver mais

Uma papoila
Crescia crescia
Grito vermelho
Num campo qualquer
Como ela
Somos livres somos livres
De crescer

4 comentários:

AVOGI disse...

olha la ainda te chamam comuna! se estivesses aqui era logo
kis .=)

M. disse...

Esta é das minhas preferidas!!!!

Linda!!!

E se for das dormideiras...tens?

Lis disse...

Obrigada do poema no meu blog.
Voce sempre poetando .
Quem sabe sabe João flui naturalmente.
Parabens
abraços

sweet disse...

Bem como isto está nós até já deixamos de ser livres de escolher... agora até temos que escrever brasileiro...

"Uma criança, dizia, dizia,
quando for grande
não vou combater
como ela, somos livres, somos livres
de escolher... "

Apesar de ainda não ser nascida quando a canção foi escrita, acho-a intemporal.

Bjs