quinta-feira, 28 de abril de 2011

Resgatado da boca dum gato

Tive sorte. Fui resgatado da boca dum gato. Felizmente acariciaram-me com a condição de logo que eu saiba procurar comida ser libertado. Sei que já fizeram isto com um dos meus irmãos com sucesso. Não nasci para ser criado dentro duma prisão.

11 comentários:

Isabel Soares disse...

João este sítio é mesmo o paraíso e saber que no Verão passado estive aí tão perto ...

M. disse...

Não culpes o gato:)

Joana disse...

Que boa acção João.
E o pássaro é lindo!
Não vejo desses aqui no Porto. O Alentejo realmente é fascinante em tudo!

Rose disse...

Nossa, como ficou manso.
Criaturas sabem o que é carinho.
Boa ação, querido.

carol disse...

Tiveste sorte, ó passarinho! Sabes, o gato não fez por mal: está na sua natureza...

Anamaria disse...

que lindo, João, que bom que você o salvou!!!!! Passarinho sortudo, foi cair em boas mãos!!!

Cida disse...

Que bom que ele arrumou um "papai" de criação!

Tenho certeza que será bem encaminhado na vida :)

Jardineiro do Rei disse...

Ainda há pássaros com sorte...

Clarice disse...

Minha gata é caçadora. Já salvei beija-flor de sua boca. Um susto!
Com certeza esse passarinho ficará feliz!

Fatyly disse...

é um pardal?
Há dias também consegui safar um da boca de uma das gatas (muito felina e caçadora) das netas, mas era maior, com o bico todo amarelo e alguma penas igualmente amarelas e castanhas. Há muitos na zona deles, mas sinceramente não sei dizer a "marca":):)
Observei-o, vi que nada tinha e abri as mãos e...asas para que te quero, voou na hora:)

Outros já só sobram penas e pedaços:( para além de ratos, sardaniscas e quando caça quer trazer tudo para dentro de casa, mas leva corrida!

♀♀Jú Souzza♀♀ disse...

Também não gosto de ver passarinhos presos. Limitar espaço de um animal que pode ir muito mais do que ficar numa gaiola é de doer o coração.
Forte abço.