sábado, 1 de dezembro de 2007

Como se chama?




Ao lado do vaso com bolbos de passarinhos encontra-se outra planta que em tempos trouxe da Madeira, não sei o seu nome. Chamavam-lhe cornos de veado, agora seu nome genérico desconheço. A quem conhecer e, tiver a gentileza de me informar, agradeço.

12 comentários:

Ailime disse...

Amigo João: Eu tenho duas grandes plantas dessas e sempre lhes ouvi chamar 'Cabeça de Veado' mas desconheço o nome mais científico.Agora, que as folhas se assemelham aos cornos do veado, isso não há dúvida. E são aeróbias. Muito curiosas e interessantes.

rose disse...

A planta conhecida como “chifre-de-veado” (Platycerium) é muito curiosa. Sabe-se que ela faz parte de um grupo de plantas tão antigas, que habitavam a Terra no tempo dos dinossauros. Pertencente à família das Polipodiáceas, a planta recebeu esse nome popular provavelmente em razão das variedades cujas folhas férteis lembram as galhadas dos veados. O habitat natural dessas plantas são os galhos e troncos das árvores das florestas tropicais e subtropicais. O chifre-de-veado é uma planta epífeta - isto é - apenas apoía-se nas árvores e não retira delas os nutrientes para sobreviver. Ao tentarmos reproduzir seu ambiente natural, podemos ter grandes chances de sucesso no seu cultivo, pois trata-se de uma planta bem rústica. As dicas são as seguintes:
* Evitar o excesso de água;
* Colocá-la em local com muita luz, mas sem sol direto;
* Não plantar na terra, mas sim num vaso ou placa de xaxim (ou material equivalente), para simular os galhos de árvores onde a planta se apoiaria. O interessante é que na junção da planta com o xaxim, forma-se um depósito de matéria orgânica, que é de onde o chifre-de-veado retira os nutrientes;
A maioria das variedades de chifre-de-veado produz brotações (filhotes) pela raiz e elas podem aparecer nas laterais dos vasos e até no verso das placas. Para fazer a reprodução, deve-se recortar, com uma faca bem afiada, o pedaço do xaxim com a muda e plantar num outro vaso ou placa, amarrando com um fio de ráfia ou arame. A muda recém-plantada deve ser regada e mantida à sombra até que enraize bem, antes de ser levada para um local mais claro.
Após alguns anos, será necessário fazer o replantio do chifre-de-veado, e é fácil notar quando isso ocorre: a planta começa a cessar seu desenvolvimento

Tenho as minhas (aqui chamo-as de chifre de veado) dentro de xaxins e algumas eu coloquei numa árvore,Dão bem em sombras e lugares úmidos, vou postar...

anete joaquim disse...

Não consigo ampliar a foto, mas parece-me uma planta que a minha mãe tem e a que chamamos passarinhos. Adorei a explicação da rose. Está muito completa.
um beijão

Espaço do João disse...

Olá Rose.
Bela explicação, afinal estou em presença duma enciclopédia viva.
Anete.
Realmente junto ao vaso de chifres de veado há um vaso de passarinhos. Boa observadora!!!
Não sei que se passa, ocasiões há em que também não consigo ampliar as fotos.

AILINE.
Eu também conhecia por cabeça de veado, cornos de veado mas, agora com a nossa enciclopédica Rose já sei seu nome próprio. Uma boa semana para todos João.

rose disse...

João, foi com muito prazer que busquei essas informações num site muito completo e tudo bem explicado.
Tenha uma boa semana cheia de luz e paz.

Cris Bolbosa disse...

João, o que são bolbos de passarinhos? Agora fiquei muito curiosa!
Também não consigo ampliar a foto, e não consigo ver bem esses bolbos misteriosos.
Cris

Espaço do João disse...

Olá Cris.
Ao que chamamos de passarinhos não passa duma espécie de orquídeas que sua flores são semelhantes a um pássaro. Esta espécie é plantada num vaso todo furado como os assadores de castanhas feitos em barro e as flores saiem por esses furos. Outra forma de os plantar, é fazer um cesto de rede de capoeira . Repare no meu blog, pois está ao lado da cabeça de veado e, preso a uma laranjeira Não exigem muita água mas gostam de sombra e proteçao das geadas. Na foto não se vê os bolbos porque a mesma não foi tirada de cima para baixo. Futuramente publicarei novamente esta espécie.

Cris Bolbosa disse...

Que coisa mais engraçada, realmente há plantas quem nem imaginamos existirem.
Fico à espera de saber mais sobre essa planta misteriosa.

Luciana disse...

Oi João! Tenho um chifre de veado que amo muito. Está enorme, lindo! Tem aparecido umas manchas pretas nas folhas. Como ele depende do meu conhecimento para viver saudável, estou correndo atrás. Pode me ajudar?
Obrigada, Frances.

Espaço do João disse...

Frances.
Com a descrição dada sobre os fungos que aparecem na planta "chifres de veado" não poderei dizer com veracidade de que se trata. Penso que possa ser míldio. Envie para o meu espaço uma postagem de modo a que possa verificar melhor.Certo? Se conseguir diagnosticar, talvês a possa ajudar. Cumprimentos João

Isabel Andrea disse...

Possuo um, chama-se corno de alce é classificado nos fetos e é originário da Austrália, tem prefere sombra, o sol tem de ser moderado, assim como as regas. As folhas não devem ser moilhadas nem sequer tirado o pó que as salpica.

Isabel Andrea disse...

Possuo um, chama-se corno de alce é classificado nos fetos e é originário da Austrália, tem prefere sombra, o sol tem de ser moderado, assim como as regas. As folhas não devem ser moilhadas nem sequer tirado o pó que as salpica.