domingo, 2 de dezembro de 2007

Outono e Curiosidades

Estas são as follhas das flores a que chamei de cabeça de cobra, publicada em postagens anteriores. Depois de secarem, ficam somente os bolbos no mesmo sítio até ao próximo ano. Só as folhas formam um vaso espectacular e duma beleza inebriante.
Este é um dos meus dióspireiros ou caqui. Juntamente podemos observar a estante com os vasos de orquídeas. Começaram agora a despontar suas astes e, flores só para Abril ou Maio. Gosto de ver as suas folhas sobre o relvado, dão um contraste bem bonito.

Já repararam neste troinco de pinheiro? Realmente a natureza bafeija-nos. Este pinheiro está curvado no princípio do tronco. Cresceu deitado e depois levantou sua copa para o alto. Onde estão as telhas é seu pricípio depois conseguio levantar sua copa e erguer-se para o fimamento.





6 comentários:

a sua vizinha disse...

Bonitas fotos. Vejo que tem o gosto pela fotografia e pelas plantas.

Espaço do João disse...

A SUA VIZINHA.
Agradecido pela visita ao espaço do João. vou imediatamentete dar uma voltinha ao seu espaço. A fotografia não é a minha especialidade, simplesmente dou um jeito. Espero que volte, pois vou tentar fazer todos os possíveis para agradar os meus visitantes. Um fraterno abraço João

Cris Bolbosa disse...

João, é espantoso o que as plantas fazem para sobreviver. Talvez esse pinheiro tenha sido impedido de crescer no sentido correcto durante algum tempo?
A planta cabeça de cobra está com as folhas muito bonitas. Tenha cuidado com a geada, que pode queimá-la. Quanto aos caracois, não lhe tocam, deve de ser venenosa.
As minhas Orquideas ainda não lhes vi nenhuma haste floral. Não é normal, pois não?
Os seus bolbos mal cheirosos ainda não sairam da terra, há tempos pensei que um estava a brotar, mas afinal era outro. Talvez não seja tarde, afinal o tempo aqui é ligieramente diferente e talvez seja por isso.
Bjs
Cris

Espaço do João disse...

Óh Cris.
Realmente a natureza é fabulosa, infelizmente a besta humana está a rebentar com tudo isto. Quanto aos bolbos, experimente mexer a terra até encontrá-los, se não apodereceram deixe-os estar logo rebentarão. Caso contrário para o próximo ano envio-lhe outros. Creio que embora mal cheirosos suas flores são duma beleza estravagante.Elas só cheiram mal se formos com o nariz até elas, caso contrário nem não nos percebemos. Não seja mazinha...

Cris Bolbosa disse...

João, eu não sou nada mazinha, pelo contrário, sou um coração de manteiga.
No fim de semana vou "espreitar" para ver como estão.
;)

Espaço do João disse...

Olá Cris.
Gosto desse seu coração de Manteiga. Será um novo bolbo desconhecido? Eu não como manteiga por causa do colesterol, sou quase vegetariano. Bem, como vê estou na brincadeira, pois se leu o meu perfil verificará a veracidade das minhas palavras. Vá ver os bolbitos pois já devem ter a cabeça ao sol. Beijos do amigo brincalhão João.