sábado, 19 de janeiro de 2008

Sementes de amor perfeito


Como podem verificar, após a floração, fica um pequeno reservatório no centro da flôr. Ao deixarmos secar, ele abre-se deixando ver suas sementes que se podem colher e, depois de bem secas voltaremos a semeá-las onde melhor nos aprover. Note-se que nas espécies híbridas normalmente este fenómeno não acontece. Só nos resta comprar novas sementes.


4 comentários:

Cris Bolbosa disse...

...E se não formos rápidos, a cáspula abre-se e as sementes saltam e puf, lá se vão elas.

Já experimentou apanhar uma cápsula de sementes, ainda fechada, e colocá-la dentro de uma caixinha fechada? Passado umas horas, ao fazer mais calor, começa-se a ouvir as sementinhas "baterem" na tampa da caixa. Sementes saltitonas, eheh.

Como vai João? Jardinou muito hoje? Hoje esteve un dia lindo, e até o meu damasqueiro teve direito a ser podado, parace um rapaz novo!

Bom domingo

São disse...

Olá!

Adoro flores, mas não entendo nada!
Portanto, obrigada pela lição!

Bom domingo!.

Benó disse...

Ainda bem que por acaso vim aqui parar. Adoro jardinagem e tenho um espaço de tamanho razoável para me entreter. Passarei a trocar algumas ideias com o João. Tenha uma boa semana.

amigona avó e a neta princesa disse...

Muito obrigada João! Já aprendi!Boa semana...