quarta-feira, 12 de março de 2008

Andorinhas

Estas nasceram no mesmo lugar em que este ano estão a fazer o ninho. Não tenho a certeza se são elas se são os pais. Merecem lugar de honra.

14 comentários:

Rose disse...

Olá, adorei a tulipa negra.
Essas avezinhas são realmente encantadoras.
Bjs.

Bichodeconta disse...

As flores sempre encantadoras, Gosto tanto de passar por aqui, este espaço tem a magia da vida no simples nascer de uma andorinha..Lindas, obrigada e parabéns..

José Luís disse...

OLÁ.
DEVE SER GIRO ACOMPANHAR TODO O PROCESSO DE NIDIFICAÇÃO DAS ANDORINHAS.PARA QUEM GOSTA REALMENTE DA NATUREZA DEVE SER UM ESPECTÁCULO SEGUIR TODO ESTE PERCURSO.REPAREI QUE TEM UM JARDIM MUITO BONITO E BEM CUIDADO,DEVE SER DEVIDO ÀS RAÍZES,POIS A "MADEIRA É UM JARDIM".SIM SENHOR GOSTEI MUITO DE CONSULTAR O SEU BLOG QUE,DESCOBRI POR ACASO, AO CONSULTAR O BLOG DO PROF. RUI, CAETANO.PODE TER A CERTEZA QUE SEMPRE QUE EU PUDER ,VIREI FAZER-LHE UMA VISITINHA.RECEBA UM ABRAÇO DE UM TAMBÉM MADEIRENSE E SEU SOBRINHO,JOSÉ LUIS (ECM).

Espaço do João disse...

Olá José Luis.
Quando aí estive, não tivemos oportunidade de nos encontrarmos. Como Conheces o professor Rui Caetano? Espero que não te esqueças de nos visitar um dia. Olha , ainda estou á espera da visita da Joana ou pelo menos uma mensagem. Não custa muito e, ela deve ter o meu e-mail. Se não souber perguntas á Maria da Luz que ela sabe muito bem . Certo? Agradeço os elogios ao meu blog.A madeira não é um jardim! Mas sim, do Jardim. Estava na disposição de vender esta casa e comprar uma mais pequenina no Funchal mas, acabei por desistir, muito embora já me tenham oferecido bom dinheiro por esta. Dava para comprar uma aí e ainda sobrava algum. A idade não permite certas mudanças, não só por mim mas também pelas raízes criadas por cá. Beijinhos para tua casa e, para ti um forte abraço dos tios e primos amigos Fernanda, João e mais...

Maria Luar disse...

Venho deixar-te o comentário que há muito devia ter deixado. Passo pelo teu blogue com muito interesse por vários motivos. Hoje quero destacar a beleza das tuas flores e o carinho com que nos falas delas.Outros aspectos revelarei a seu tempo.

abracinho

*
xi
*

Sophiamar disse...

Ora, muito bom dia!

Então amigo das flores, dos pássaros, da terra, da natureza por onde tens andado? Já sabes que me habituei à tua visita lá no meu mar, agora com um filhote http://comomaravista.blogspot.com/

Beijinhosssss

TEm um bom dia!

anete joaquim disse...

Ai, tão giro!!!! Nunca tinha visto tanta andorinha à janela! Aliás, nunca vi ninhos de andorinha. Deve ser uma ternura tê-los em casa.
um beijão e boa sorte.

Espaço do João disse...

Rose.
Quer os pássaros que nasceram para viverem em liberdade, quer as flores , tudo revela a natureza em sua beleza e simplicidade tudo representa.

bichodeconta.
Na vida tudo é belo, depende do ângulo de visão.

maria-luar.
Aparece sempre que entenderes. Serás sempre como todos os outros bem recebida.Um abraço João.

Anete.
Não tens razão para não veres estas belezas. Sabes muito bem que serás recebida como a minha mana e, nossa princesa.Beijinhos.

sophiamar.
Vou de imediato ao teu blog. Quero conhecer esse ser que tanto adoras e, serás a grade de ferro que o protegerá acima de todas as coisas. Muitas felicidades e muitos beijinhos a esse ser, que muito caminho terá de percorrer.

Um Momento disse...

É a Primavera a dar sinais de sua graça

(*)

amigona avó e a neta princesa disse...

Amigo João fui eu que disse que tens andado ausente do meu canto? Devia estar tonta!!! Quanto às andorinhas digo outra vez: tenho inveja!!!!!!!! Gostava tanto que me visitassem!!! Parabéns João por poderes ver essa maravilha! E parabéns também pela tulipa negra! Beijinhos e bom fim-de-semana...

Sophiamar disse...

João, Amigo!

Hoje estou muito ocupada. Tu já passaste pelo mesmo. Eu sei. Vou a correr abraçar e beijar a Primavera.

Mil beijinhossssssss

Rose disse...

TENHA UM BOM FIM DE SEMANA, MEU AMIGO.

São disse...

Que ternura...
Merecem, sim senhor, lugar de destaque...
Abraço.

Sophiamar disse...

Obrigada, João. Já matei o bicho. Andam tantos por aí. Que horror. Vai aparecendo, amigo. Gosto da tua visita.

Beijinhosssss

p.s. Ontem foi uma noite quase sem dormir. A alegria foi enorme.