terça-feira, 24 de junho de 2008

Caneleira

Único exemplar na região. Tem cerca de sete anos. Da casca de seus pequenos ramos se extrai o célebre pau de canela. Suas flores são exuberantes e seu aroma quando está o tempo quente faz-se sentir a alguns metros de distância.

2 comentários:

Nelio disse...

Mas que curiosidade que eu não conhecia,nem tão pouco fazia ideia que houve-se caneleira....as coisas que eu aprendo aqui consigo caro amigo...

Ana disse...

Mais uma que aprendi hoje. Dão-se bem em vasos ou tem que ser no chão? Bjs