quarta-feira, 10 de setembro de 2008

Música dos meus tempos



Enquanto as flores descançam devido ao calor, resolvi relembrar os anos 50 com algumas canções que fizeram sucesso . Sou da década de 40. Para aqueles que visitam este espaço se não gostarem, peço perdão e, passem á frente.

22 comentários:

Pascoalita disse...

Esta sim, conheço e gosto!

Faço-te companhia, até porque consta que amanhã já chove e sabe bem ficar a ver os pingos a cair na vidraça ao som de boa musica.

Bichodeconta disse...

Junto-me a ti e á Pascoalita, trouxe uma mantinha para a eventualidade d e o tempo arrefecer, vou preparar um chá, feito de ervas , que vai perfumar tudo á nossa volta e vamos ficar aqui a ouvir boa música.. Se mais alguém se quizer juntar a nós, sejam bem vindos, aconcheguem-se, tomem conosco uma chávena de chá, vá lá, uns biscoitos também, e vamos sentir o tempo voar ao som destas vozes de sempre..Hoje está melhor João? Um abraço, ell

NELIO disse...

já agora também quero me juntar na roda e ouvir a música pois conheço e faz lembrar o meu passado sempre ouvi música tinha um irmão em casa que passava a vida no gira-discos e lá ia eu conhecendo muitas músicas,essa era uma delas......

Rose disse...

Querido, qta nostalgia, heim?
Nõ conhecia essa música, mas imagino o túnel que entrastes.
Uma beijoca.

Espaço do João disse...

Aos meus amigos/as.
Para mim a palavra nostalgia não significa tristeza, significa isso sim, saudade. Não estou nada triste nem entrei na fossa, resolvi reviver um pouco de outros tempos e, meditar .

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querido João, que belo estarmos sentados a ouvir a música, com o computador no colo e a ouvir o mar que é o que me está a acontecer neste momento que estou a escrever, são neste momento, 23h e 10 minutos...Tenho o ventinho e o mar a murmurar, palavras eu diria de amor, para mim que aqui estou sózinha mas feliz a falar (escrever), para os meus amigos do coração e tu és um deles, meu querido João... Muitos beijinhos do fundo do meu coração,
Fernandinha

Benó disse...

Olá, olá!!!
Pelas fotografias postadas o passeio foi bonito!!! Parabéns!!

Posso juntar-me ao grupo e ouvir a música? Já agora... levo uns sconnes quentinhos.

E.. agradeço o chá do bicho de conta.

Por aqui, já estou a tratar dos canteiros para os bolbos de inverno.

Um abraço.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

João:
Como muitos me incentivaram a não fechar o Blog, então fico, não sei até quando. O post que fiz hj é ainda maior do que de costume porque no fim o enchi de flores. Que cada qual pegue a sua e a leve de lembrança.
Um abraço,
Renata
wwwrenatacordeiro.blogspot.com

Estela disse...

É sempre bom reviver os "velhos tempos", principalmente se foram tempos felizes.
Obrigada pelo retorno da minha visita em seu espaço. A "Lua Branca", se não for cheia, decerto será crescente, ou sempre nova.
Um abraço.

Estela disse...

Ah... esqueci de dizer que amo esta música, também sou desse tempo. Aqui no Brasil ela foi também um grande sucesso.

Cusquinha endiabrada disse...

Hello! Venho desejar bom fim de semana e aproveito para dizer que agora que voltei às aulas vou aparecer com menos frequência, mas amo a todos e se pensam que se verão livres de mim, estão bem enganados ... mesmo longe, estou sempre alerta, cuscando e pronta para fazer diabruras eheheh

Bjitos

Não tente me entender... disse...

Boas lembranças...

Ainda no meu silêncio, passei somente para deixar um beijo de um feliz final de semana com as cores e a alegria da primavera.

Beijos

Laura disse...

João, trás a cusca safadinha se estive rpor ai que nem a encontro e anda que o que a Ell falou e pos no papel, eu pus em imagem..venham todos...beijinho e té mais logo..laura.

VANUZA PANTALEÃO/OBRA LITERÁRIA disse...

Oi, João!
Que prazer em receber-te!
Olha, também compartilho contigo, as décadas de 40/50 e até de 60 foram as mais descontraídas, criativas e gostosas. Tinham tudo de bom: boleros, tangos, grandes sambistas e, óbvio, ótimos fadistas, como a Inesquecível Amália Rodrigues, que Artista foi Amália! Que saudade...Puxa, amigo, mexeste com o nosso coração!
Enquanto isso, as flores do seu jardim também "ouvem" esses sons e desabrocham mais formosas. Sim, as plantas gostam de música, sabias?
Obrigada por esse momento de enlevo e saboreie essa vida que bem fizeste por merecê-la...Bjs

Mello disse...

Sou da década de 7o e adoro estas músicas. A arte não tem fronteiras, nem idade, muito menos a música...

Beijinhos,

Graça Mello, nos Açores existem muitos Mellos.

elvira carvalho disse...

Passei. Para deixar um abraço e desejos de um bom fim de semana.

Camila Colossi disse...

anos 50 *-*
perfecto neh xD

Ana Ramon disse...

Olá João. Estou para aqui a ler chuva, chás quentinhos...
Bem, é que hoje parto de férias para fazer uma semana de praia... vejam lá que tempo me estão a preparar...
Eu sei que já vou um pouco tarde, mas quem sabe o Algarve ainda me reserva uma semana de sol para fazer praia que não faço há 2 anos e já tenho saudades. Vamos a ver.
Fiquem todos bem por cá.
Beijinhos

mundo azul disse...

"olhos castanhos"...Lindo! Francisco José gravou músicas muito lindas...Particularmente, adoro "só nós dois"!

Estou adorando vir aqui, conhecer o seu bom gosto musical!

Beijos de luz e o meu carinho...

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Por motivos horríveis que não pude contornar, fui obrigada a fazer um post cala-boca. Pegue suas flores, não é preciso ler tudo.
Um abraço,
Renata
wwwrenatacordeiro.blogspot.com

São disse...

Era muito criança quando esta canção foi um sucesso tremendo, mas ainda recordo o escãndalo que foram as declarações em directo de Francisco José na RTP...
Obrigada , meu caro!

Ana disse...

Desde criança que me lembro do Francisco José o "galã" dos anos 50 e 60. Acho até que houve moças da época que tiveram uma paixão por ele, lol. A minha prima com 70 anos cantava esta canção muito bem e eu deliciava-me ao ouvi-la. Tempos muito lindos! Beijinhos