segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Não há duas sem três

O cego do martelo, não viu onde eu tinha os dedos, vai daí uma martelada em cada indicador.

11 comentários:

JE VOIS LA VIE EN VERT disse...

Da próxima vez, aconselho-te a utilizar verniz em vez do martelo, não doí nada ! ;))
Bjs
Verdinha

Rosan disse...

João, que dó, isso dói muito, também estou toda machucada, tive uns horários de folga no trabalho, e fui fazer todos os trabalhos que se acumulam, tipo, cortar gramas atíssimas, levar algumas pedras, mudar plantas de vaso e de lugar, lavar calçadas, cheias de limo devido ao inverno, e é um machucado aqui, um esfolado lá, um espinho acolá...
mas tudo paça, desde unhas roxas, a canseiras bravas.


beijinho

teca disse...

Vixe! Outra martelada, amigão! Tadinho...

Beijos.

Fatyly disse...

aiiiiiiiii como dói e as melhoras.

maria teresa disse...

Ao menos ficaram em simetria, mas deve ter doído à "brava"!
Abracinho

lis disse...

kkkkk voce vive se martelando!por favor ! rsrs
na hora dói muito depois nao ! fica a prova do crime,rs
tadinho do João rs

deixo abraços

Laura disse...

É para deixares de apontar para todo o lado..ahhhhhhhh..o martelo nem se enganou ahhhhh..beijinho aos dois, laura

Rose disse...

Brinca não!!!!!
Isso dói demais.Dá até para soltar palavrões.
Cuide-se,espero que tenha colocado o martelo de castigo pela arte que fez...rsrsrsr
Bjs, querido.

Namarrocolo disse...

Coitadito do martelo....
Vê la onde das a proxima martelada...

Rubi disse...

Ai, ai...

Pascoalita disse...

ahahahah calhar os marotos dos dedos costumam indicar algo que não devem