sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Primeiras Frésias

Nascidas de semente, sem qualquer proteção ou tratamento.

10 comentários:

M. disse...

quantas primeiras pode haver?

Hum?


Maluco:)

Rosa dos Ventos disse...

Já?!!!!!!!!
Por aí deve haver um micro clima!:-))
E cheiram tão bem.....

Maria disse...

Amigo como são lindas. Vir visitá-lo é sempre um prazer.
Tenha um maravilhoso fim de semana, pleno de alegria, paz e harmonia.
Beijinhos
Maria

ROSINHA disse...

É a natureza...

Je Vois la Vie en Vert disse...

Também as minhas ! Apareceram em vasos que tenho na varanda, no entanto plantei os bolbos 8 metros abaixo...São umas das minhas flores preferidas. Gosto muito do seu perfume. As minhas são amarelas, por enquanto...
Bom fim de semana
beijinhos
Verdinha

mundo azul disse...

______________________________

As flores não precisam de nada especial... Já tem o seu carinho, que é a melhor energia que podem receber.Por isso se dão aos olhos dessa maneira tão encantadora!

Beijos de luz e o meu carinho, João...

_____________________________

CF disse...

Um raminho delas faziam-me jeito... Hum, por outro lado seria triste retirá-las do seu habitat, que é onde são mais belas...
Abraço
CF

Fernanda disse...

Amigo João!

Sei como é, e que bem que cheiram, são lindas e duram bastaste tempo.
As minhas ainda não abriram, mas estão quase!

Tenho amarelas e lilás.

As frésias não nascem de semente, pois não? É um volvo que eu saiba.
Um nabinho pequenino mas que dá um cachinho lindo de flores muito perfumadas.

Parabéns por já ter algumas.

Beijinho

Espaço do João disse...

As frésias propagam-se por bolbitos, criados rente ao pé, por bolbos adjacentes aos bolbos principais e, por semente após a floração.
São flores que degeneram quanto ao solo e o fertilizante.
Há em várias cores, sendo a princial e que se vê em maior profusão as amarelas. Seu aroma é muito activo e, propaga-se à distância.

Cida disse...

Tenha uma linda semana, amigo.

E "amor perfeito", você também tem por aí?

Jinhos meus

Cid@